Viver viajando

Vai viver viajando? A escolha do meio de transporte.

Muitas pessoas decidem simplesmente “largar tudo” e ir viajar – Não concordo com este termo, mas explicamos em outro post – mas se deparam na escolha do meio.

O mais básico e econômico, sem sombra de dúvidas é de carona e com couchsurfing, mas esta não é a opção da maioria dos viajantes que cruzamos todos os dias.

Há aqueles que precisam de uma estrutura mínima para garantir o seu mínimo conforto, por isso listamos abaixo alguns meios de viajar, falando um pouco sobre eles:

OBS.: Retiramos desta lista os viajantes de hotéis e pousadas, pois estes precisam somente de dinheiro para suas viagens.


Bicicleta e barraca

Escolha de muitos viajeiros (termo em espanhol para viajantes) ao longo das estradas. Pode ser com muita ou com pouca bagagem. Já encontramos gente viajando com 30, 40 e até 60Kg na garoupa da bicicleta, só depende do que você precisa.

Viajem de bicicleta
Viajante de bicicleta pela América Latina.

Esta forma é muito econômica pois independe da compra de combustível, porém lembre-se: o combustível é o seu corpo, por isso, cuide muito bem dele e se alimente de acordo com esforço que for ter em sua jornada.

A compra de itens como: pratos e panelas que se encaixam é essencial, assim como fogareiros, capas de chuva e muito protetor solar.

• Moto e barraca

Muitos viajeros viajam em suas motos, com barracas e tudo mais do que se precisa.

Viagem de moto
Acampamento e viagem de moto.

Esta forma de viajem é mais comum do que se imagina e muito econômica. Saiba que tudo que vai precisar precisa caber na garupa da moto.

Opte por panelas que se encaixem umas nas outras, fogareiros compactos, pratos e utensílios de plástico, para evitar quebras desnecessárias.

Escolha uma barraca compacta e saco de dormir, isto garante mais tranqüilidade e menos coisas, pois imagine levar cobertores na moto (?!).

• Carro e barraca

Ai sim! Desta forma você poderá levar tudo que precisar (e couber no seu carro) O limite para este pessoal é o tamanho do seu carro.

Viagem de carro
Casal brasileiro em volta ao mundo com uma barraca no teto.

Se vai viajar de carro popular, antigos ou os menos espaçosos, opte por equipamentos compactos. Isto vai facilitar a sua vida.

Kombi ou Van

Classico dos viajantes da década de 70 nos Estados Unidos. Símbolos de liberdade, são sempre identificados nas estradas.

Kombi Home
Casal de Floripa em uma volta pela América Latina.

A manutenção é sempre o mais delicado e deve ser levado a sério.

O grande espaço interno ajuda a organizar as coisas, criar móveis, armários e dispensas, acomodar fogão e coolers, montar sofá e claro: carregar muuuuuita coisa em cima.

Trailer

Alguns enxergam como a melhor forma de viajar, pois é só desengatar o carro do trailer e sair turistando. Alguns trailers exigem carteira de habilitação específica, mas a maioria não.

Morar no trailer
Casal que já morou em um trailer.

Lembre-se que rebocar algo nem sempre é tarefa simples e exige experiência, além é claro de um carro potente o suficiente para o tamanho do seu trailer.

Existem trailers que podem ser autônomos por longos períodos e outros dependem sempre de estarem ligados a rede elétrica. Entenda o seu perfil de viajante e adapte o seu trailer para este.

 Motor Home

Veículos desenvolvidos para o turismo, geralmente não se precisa de mais nada. Existem opções de R$ 30.000,00 a R$ 1.000.000,00. Escolha o que cabe no seu bolso e saia por aí.

Viajar de motor Home
Casal viaja por odo o Brasil de Motor Home.

Existem opções de Motor Homes de todos os tipos: aqueles mais urbanos e grandalhões, urbanos e pequenos, tracionados pequenos e até caminhões 4X4 ou 6X6.

A sua casa está sempre ali, sua geladeira, seu vaso, seu chuveiro e suas coisas, todas em um só ambiente.

Para os que tem condições, é a melhor forma.

Lembre-se somente que os custos para translado marítimo dependem de peso, tamanho e altura. Considere isso se pensar em cruzar o atlântico em direção ao velho continente ou mesmo se for atravessar o Estreito de Darien.


Lembre-se sempre que se vai “morar na estrada”, tudo deve ser rápido, pois você terá que fazê-lo todos os dias.

Opte por barracas de montagem e desmontagem rápidas, equipamentos que não necessitem de muitos minutos para armá-los, etc.

Esqueça tudo aquilo que demandar mais do que 10 segundos para montar ou instalar, com o tempo você vai cansar de fazê-lo todos os dias.

O importante a saber é que todos tem o seu mínimo de conforto e isso que deve ser atentado, pois o termo é “viajar” e não “passar trabalho”. Lembre-se sempre disto quando for bater o martelo na escolha do seu meio de cruzar os horizontes.