Trabalhar na estrada

Trabalhos na Estrada

Existem viajantes que pagam sua trip de diversas formas: ricos, aqueles que pouparam por muito tempo, investidores e aqueles que tem que desempenhar algum tipo de atividade remunerada para se manter na estrada.

Abaixo listo algumas alternativas para isto:

Trabalho remoto

Esta é a forma que escolhemos. Ela traz algumas responsabilidades e limites, além de muito planejamento para o desenvolvimento da forma remota que irá escolher.

Muitos podem adaptar a sua profissão ou mesmo, desenvolver uma nova. Abaixo, algumas das formas que o trabalho remoto pode ser desenvolvido:

Web Designer: Este tipo de trabalho pode ser desenvolvido sempre à distância, necessitando algumas vezes da presença física para as reuniões, mas nada que uma reunião via Skype  não resolva. Além de poder oferecer o seu trabalho por onde passe. Lembre sempre do modelo do Google: Dar para depois receber.

  • Prós: O mercado está muito aquecido por conta de pequenos negócios estarem entrando no mundo digital. Você pode optar por oferecer o seu trabalho nos lugares onde passar.
  •  Contras: Tudo dependerá da sua força de vendas. Você pode ainda optar por se cadastrar em portais que intermediam serviços e freelancers (GetNinjas), e, isto aumenta e muito a chance de conseguir trabalho durante a sua viagem.

Blog PegCar

Trabalhar na estrada
Trabalhar como Web Designer.

o Designer: Profissão muito demandada para todos os ramos. Geralmente este profissional domina as ferramentas básicas de edição de imagens e de geração de conteúdo gráfico como: Corel Draw, PhotoShop, além de outras opções.

  • Prós: Este serviço poderá ser desenvolvido totalmente online, e a maioria dos clientes estão acostumados a este modelo.
  • Contras: As melhores ferramentas de mercado possuem um custo de utilização, por isso, consulte sempre antes de escolher esta opção

o Desenvolvedor de software: Este mercado sempre esteve em crescimento desde o inicio da época dos microcomputadores. A demanda de mercado varia conforme a linguagem de programação que o desenvolvedor possui, por isso, fiquem sempre atento as mudanças do mercado.

  • Prós: Serviço que pode ser 100% desenvolvido remotamente, clientes já acostumados com trabalho remoto.
  • Contras: Necessária constante atualização e estudos da linguagem e de novas linguagens.

o Fotógrafo para Bancos de Imagens: Alguns viajantes optam por esta forma de trabalho. A remuneração varia de acordo com a venda das suas imagens. Muito bancos de imagens, como o ShutterStock compra imagens e pode servir como cliente.

  • Prós: Pode ser desenvolvido 100% remoto, quanto mais estonteante for o lugar visitado, mais vendidas serão suas fotos.
  • Contras: Necessita de investimento em equipamentos fotográficos, além da necessidade de experiência para a fotografia, que exige muito estudo e prática.
Viajando o mundo de carro
Casal faz planejamento para ganhar dinheiro em volta ao mundo de carro.

o Blogueiro: profissão em alto crescimento. Pode ser via blog convencional, ou ainda como vlog, aqueles que criam canais no YouTube e veiculam suas experiências.

  • Prós: Trabalho 100% remoto.
  • Contras: Necessita conhecimentos básicos de edição de vídeo e alguns equipamentos para filmagem.

#partiualaska

Partiu Alaska
Casal viaja de carro, avião, ônibus, etc para chegar ao Alaska.

 Venda de Artesanato

Esta é sem dúvida a mais encontrada por campings e praças do mundo. Muitos viajam “mochilhando” e “mangueando” (termo para trabalho ou meio de conseguir dinheiro ou outras coisas) por aí vendendo trabalhos desenvolvidos por eles mesmos.

Muitos usam cordas, barbantes, pedras, arames, cobres e muitos outros materiais para fabricarem jóias, totens, redes, móveis, além de muitos outros produtos de fabricação manual e artesanal.

Como se pode fazer isso? Como aprendo?

A melhor forma de aprender este tipo de trabalho é em cooperativas que desenvolvem trabalhos com artesões, ou mesmo com os próprios artesões.

Geralmente todos aprenderam com alguém ensinando, por isso, busque amigos que desenvolvem algum tipo de trabalho artesanal ou ainda, encontre artesões pelo caminho e proponha algum tipo de troca.

Você pode lavar a roupa deles, oferecer uma janta ou simplesmente ensinar algo que você sabe.

  • Moçambique Artes
Viajar de Kombi
Kombi Zeta Jones da Moçambique Artes – Venda de artesanato itinerante.

Lembre-se a estrada é um ótimo local para a troca de experiências e habilidades e quase todos estão dispostos a compartilhar.

Venda de souvenirs

Muitos viajantes produzem camisetas, cartões postais, chaveiros, adesivos, imãs e tudo mais que se possa vender.

Saiba que ninguém precisa de souvenirs e que a maioria daqueles que compram estão interessados em te ajudar a continuar na estrada.

Vivendo mundo afora

Viajar o mundo
Lojinha VMA

This is from Mathilda

Viver na estrada
Loja Online Kombi Matilda.

Travel in a Super Combi

Trabalhar na estrada
Loja Old and Ride

Outsiders Brazil

Como pagar minha viagem
Loja Online Outsiders Brazil

 Músicos

Saiba que muitos viajam, se alimentam e se hospedam em troca de seus talentos. A música é uma das formas que mais encontramos pelas ruas de todas as cidades.

Os rendimentos variam de cidade para cidade, de ponto para ponto e de dia para dia. Esta forma é muito instável e depende diretamente do trabalho do artista.

Dependendo o instrumento que o artista domina, é só levar ele consigo e se apresentar onde quiser. Lembre-se de se informar antes com os responsáveis do comércio à volta. O motivo: sempre é bom manter a política de boa vizinhança.

Lembre-se você pode ficar um dia, uma semana ou o tempo que decidir em cada lugar, dependerá muito de sua experiência.

Conviva sempre bem com os comerciantes locais com este tipo de trabalho.

#BardoYasser

Musico viajante
Yasser toca violão e cavaquinho e já conheceu toda Argentina viajando de carona.

É claro que existem mais inúmeras formas de se trabalhar na estada, mas listamos algumas principais para poder ajudar o aspirante a viajante, ou aquele que precisa complementar a sua renda na estrada.